Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






terça-feira, 26 de outubro de 2010

ALUNOS DA OFICINA DE TEATRO APRESENTAM-SE NA UNIR

Alunos da Oficina Cena Aberta na UNIR
    Os alunos da Oficina de Teatro Cena Aberta apresentaram-se neste dia 23 de outubro no encerramento da I Jornada de Comunicação, evento organizado pelo Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Rondônia, Campus de Vilhena.
    O evento aconteceu de 21 a 23 de outubro, na UNIR, e trouxe diversos nomes do jornalismo do estado para Vilhena. No último dia, foi aberto um espaço para apresentações culturais e o Grupo de Teatro Wankabuki propôs levar alguns de seus alunos para demonstrar um pouco do trabalho que se faz na Oficina.
    Foram apresentadas quatro performances: Etnia por Shely Lisboa; Paranóia por Alan Souza e Isabela Tabalipa; Depressão por Lilian Pantar, Débora Azevedo e Joaquim Pantar; e Perform'Arte por Valdete Sousa.
Veja aqui as fotos da atividade cultural.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Grupo Wankabuki apresenta na abertura do Cultura Sesc Itinerante

O Grupo de Teatro Wankabuki foi convidado pelo SESC de Porto Velho para fazer três apresentações no Cultura SESC Itinerante em Vilhena. Todos os anos o evento passa por diversos municípios do interior do estado trazendo cultura e diversão para o público. Este ano na passagem por Vilhena, não teremos grupos de outros municípios apresentando, o SESC convidou um grupo do próprio município para fazer as apresentações.

A peça Perdidos na Floresta, será apresentada na abertura do evento, no dia 23 de outubro, às 15 horas, no SESC Ler. Além desta apresentação, o grupo fará mais duas no dia 27 de outubro para as escolas muncipais na quadra do SESC Ler: uma apresentação será pela manhã, às 9h e outra a tarde, às 15h. 

Além do teatro, o SESC Itinerante trás outras atividades relacionadas ao cinema e às artes visuais. Os filmes serão exibidos na Casa de Cultura(Antigo Centro de Treinamento, atrás do SESC Ler), na categoria infantil teremos: Josué e o pé de macacheira, Wenceslau e a árvore  gramofoneO Pequeno narigudo. Na categoria adulto: Litania da Velha. Nas artes visuais será exibida uma exposição de fotografias e poesias entitulada Retratos poéticos, ensaio fotográfico por Michele Saraiva e poesias de Elias Baltazar. Estas apresentações serão exibidas de 25 a 29 de outubro.
Quando e Onde?
Perdidos na Floresta, no SESC Ler, dia 23 de outubro, às 15h e dia 27 de outubro em dois horários: 9h e 15h, entrada franca .

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

I MOSTRA DE MÚSICAS INÉDITAS SÉRGIO ARANDA

O SESC Ler em parceria com a Academia Vilhenense de Letras e a Prefeitura Municipal, através da SEMEC organizam a I Mostra de Músicas Inéditas em Vilhena. O evento está marcado para acontecer dia 29 de outubro, no SESC Ler, a partir das 20h30min. 

Segundo Átila Ibañez, "Estão escritas cerca de 40 músicas de artistas e bandas locais. Esta primeira edição não será competitiva, é apenas uma forma de reunir os artistas e mostrar um pouco da nossa cultura para a comunidade".  Além das músicas inéditas haverá a apresentação de Llitsa Moreno que é uma pianista cubana que mora em Porto Velho, segundo a Coordenadora Pedagógica do SESC Ler de Vilhena, Ariadne Colatto, "Llitsa é uma artista erudita, que junto com alguns trovadores portovelhenses faz um trabalho muito bonito que envolve as características de nossa região".

Onde e Quando?
No espaço do SESC Ler, 29 de outubro a partir das 20h30min, entrada franca.

VI MOSTRA ESTUDANTIL DE ARTES

"A Bela Adormecida" escola Álvares de Azevedo
Aconteceu neste dia 13 de outubro a VI Mostra Estudantil de Artes, com apresentações teatrais, no espaço da Escola Álvares de Azevedo. Quatro escolas do estado e municipio participaram da mostra. A escola Ivete Brustolin apresentou "Pleonasmo" adaptação do espetáculo do grupo Melhores do Mundo. A escola Shirlei Ceirute concorreu com "O Julgamento" texto feito pelos alunos. A escola Marechal Rondon trouxe um exercício teatral que trabalha as emoções, adaptada pelos alunos e entitulada "A dor de Barriga". E, a Escola Álvares de Azevedo apresentou "A Bela Adormecida" uma releitura do clássico escrita por Valdete Sousa.

A mostra reuniu alunos das escolas, além de pais, professores, autoridades e artistas locais. A apuração dos resultados ficou da seguinte maneira: em 3º lugar a escola Ivete Brustoline, em 2º Shirley Ceirute e o vencedor da competição foi a escola Álvares de Azevedo que representará o município em Porto Velho, na mostra estadual, de 11 a 13 de novembro com a peça "A Bela Adormecida" de Valdete Sousa.

A mostra é organizada pela SEDUC e deverá entrar para o calendário anual, além da etapa de Teatro, aconteceram as etapas de Dança e Música. Esta é uma ótima iniciativa da Secretaria de Educação do Estado que fomenta a produção cultural e desenvolve habilidades artísticas nos alunos.

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...