Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Grupo de Teatro Wankabuki abre inscrição para II Oficina Cena Aberta

Espetáculo O amor de Colombina no I Invadindo a Praça
Está disponível no blog do Grupo Wankabuki o Regulamento para a II Oficina Cena Aberta que acontecerá de 02 de abril a 07 de maio. As inscrições estão abertas de 21 de fevereiro a 28 de março no blog do grupo.
Antes de efetuar a inscrição o candidato deve ler atentamente o Regulamento, pois nele consta os critéros de participação na Oficina e quais os compromissos o canditado assume ao se inscrever.
A II Oficina Cena Aberta é uma das ações propostas no projeto Invadindo a Praça que foi selecionado no edital de patrocínios do Banco da Amazônia - BASA. Mesmo não tendo ainda o valor do patrocínio, o Grupo decidiu iniciar o projeto conforme havia previsto no seu Plano de Ação para 2011.
O aluno que concluir a Oficina poderá ser selecionado para participar das 8 edições do Invadindo a Praça que percorrerá os bairros do município de Vilhena.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Perdidos na Floresta encenado em Corumbiara

Cena de Perdidos na Floresta "Pai da Mata"
  No dia 13 de Fevereiro (domingo) comemora-se 19 anos de emancipação política e administrativa do Município que se originou do nuar Nova Esperança, integrante do Projeto de Colonização Paulo de Assis Ribeiro/ INCRA. Tornando-se destacado núcleo agropecuário, com expressivo desenvolvimento sócio-econômico. Foi elevado a município pela Lei n.º 377, de 13 de fevereiro de 1992, com a denominação de Corumbiara em homenagem ao rio afluente da margem direita do rio Guaporé.


O grupo de Teatro Wankabuki fará uma apresentação na Festa de aniversário do Município neste dia 12 de fevereiro (sábado). A peça Perdidos na Floresta será exibida para a população no Ginásio Municipal., que será inaugurado nesta ocasião A apresentação é umas das atrações que a Secretaria Municipal de Cultura contratou, além dela haverá alguns shows musicais.

O Wankabuki acredita que a população se identificará muito com a temática do espetáculo, pois está região do cone sul sofre as conseqüências do desmatamento e da exploração ilegal, segundo pesquisadores da UNIR - Universidade Federal de Rondônia, do Laboratório de Geografia e Planejamento Ambiental, ligado ao Departamento de Geografia, "na região em torno do município a situação é caótica e demanda ações emergenciais para a recuperação das áreas degradadas ao longo dos rios. Trata-se de uma região com enorme potencial hídrico e que exerce grande influência no Rio Guaporé. Se ficar como está as perspectivas são péssimas já em médio prazo. Quanto mais o tempo passa mais remotas ficam as chances de reversão do quadro".

A peça será uma maneira de incentivar ações menos degradantes ao meio ambiente, além de divertir crianças e adultos por meio das trapalhadas criadas pelos personagens mágicos que passeiam pelas cenas. O espetáculo acontecerá a partir das 20 horas com entrada franca.



Evento

Perdidos na Floresta
Ginásio Municipal de Corumbiara/RO
20h
Entrada Franca

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Projeto Invadindo a Praça recebe patrocínio do Basa


Alan Souza, I Invadindo a Praça (Performance "Paranóia")
 O projeto Invadindo a Praça escrito por Valdete Sousa foi selecionado pelo Edital de Patrocínio 2011 do Banco da AmazÔnia, o resultado saiu esta semana e o grupo de Teatro Wankabuki foi um dos três selecionados na categoria cultural no estado de Rondônia, além de Vilhena somente Guajará-mirim e Porto Velho tiveram projetos selecionados.
O patrocínio será no valor de 15.000,00(quinze mil reais) para realizar o projeto durante o ano de 2011. O projeto Invadindo a Praça teve sua primeira edição no dia 15 de novembro de 2010, como atividade de finalização da Oficina Cena Aberta. A apresentação ocorreu na Praça Nossa Senhora Aparecida.
Este ano de 2011, o projeto percorrerá mais oito locais, entre praças e ruas, do município de Vilhena. Será um grande passo para a cultura Vilhenense, pois o teatro irá aproximar-se do público, o Wankabuki levará a arte para as áreas periféricas e deverá atingir um público carente de lazer e entretenimento.

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...