Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






terça-feira, 27 de setembro de 2011

Projeto Invadindo a Praça chega à Praça do Shopping

As palhaças Jujubinha e Paçoquinha

O projeto Invadindo a Praça está em sua 7ª edição e mais uma vez levará alegria e diversão para a população vilhenense.

No próximo sábado, dia 01 de outubro, a partir das 19h, na Praça do Shopping, acontece mais uma edição do projeto Invadindo a Praça. As Palhaças Jujubinha e Paçoquinha e toda a sua turma irão invadir o espaço urbano de Vilhena com muitas brincadeiras e diversão.
O projeto é realizado pelo Grupo de Teatro Wankabuki e conta com o patrocínio do Banco da Amazônia e com o apoio do Ponto de Cultura Cone Sul Plural. Nas seis edições anteriores, o projeto encantou crianças e adultos com diversas apresentações teatrais.
Além disso, o Grupo Wankabuki desenvolveu durante o mês de setembro a III edição da Oficina Cena Aberta e formou mais uma equipe de atores. A oficina também faz parte das ações do projeto patrocinado pelo BASA e contou com o apoio do Espaço Cultural JK. Até o final do ano, o Wankabuki realizará mais três edição do Projeto.
Toda a população está convidada a participar com o Wankabuki das brincadeiras e encenações, a apresentação é aberta a todos os tipos de público.


Evento
Invadindo a Praça - 7ª edição

Data
01 de outubro de 2011

Local
Praça do Shopping (Av. Brigadeiro Eduardo Gomes)

Hora
19h

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Sarau reunirá poetas e apreciadores das artes

Núbia Rodrigues, poetisa vilhenense autora da obra "Morte Secreta" 

No próximo dia 07(Sexta-feira) de outubro, a partir das 20h, o Coletivo Cultural Ekatu realizará seu primeiro evento em Vilhena, o I Sarau de Poesias da Boca Pra Fora, no Espaço Cultural JK. Diversos poetas e músicos locais, inclusive membros da AVL (Academia Vilhenense de Letras), se apresentarão declamando poesias ao acompanhamento de instrumentos. Uma exposição de ilustrações, fotografia, livros e trabalhos de escritores vilhenenses também terá destaque.
O sarau será composto por declamações de obras próprias dos poetas e trabalhos já consagrados. Um telão também deverá reproduzir vídeos de grandes escritores e poetas brasileiros declamando seus próprios versos. Todos poderão acompanhar o recital por meio de folhas impressas com os poemas a serem apresentados.
Iniciando suas atividades nesta semana, o Ekatu também desenvolve o PRPV (Projeto de Registro de Poesia Vilhenense) e pretende fazer com a população conheça seus artistas, por isso a entrada terá um valor simbólico de R$ 2 (para ingressos solicitados com antecedência) e R$ 5 (na porta).

Texto: Herbert Weil

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

"O Mundo Tà Virado" encanta Vilhena

Atrizes do Grupo Imbuaça na Praça do Shopping

Com muitas cantigas folclóricas, bom humor e uma linguagem corporal fascinante, assim inicia-se a apresentação do grupo Imbuaça em Vilhena.
Não teve mal tempo, nem chuva que atrapalhasse o público ir até a Praça do "Shopping" neste domingo(11) e se maravilhar com o espetáculo O Mundo Tá Virado. Por conta da mudança repentina de clima ,o Grupo montou e desmontou o cenário por duas vezes e modificou o horário da apresentação, programado para iniciar às 17h, mas que teve início por volta das 19h.
Porém, quem aceitou ficar e esperar não se arrependeu, pois o Imbuaça encantou a todos. Do início ao fim do espetáculo, a única coisa que se ouvia era os sons das vozes dos atores e os risos altos do público. Espetáculo dinâmico, engraçado e emocionante, a literatura de cordel reproduzida em sua melhor face, a cultura nordestina pulsando em cada fala, em cada gesto. Cenas e personagens do cotidiano brasileiro: trapaceiros, feirantes, santos e pagãos, todos convivendo ao mesmo tempo na cena.  
Vilhena rendeu-se aos encantos dos Sergipanos que vieram nos fazer rir, chegamos à Praça do Shopping meio vazios e saímos de lá cheios, de arte, de beleza e de encantamento.
Clique Aqui e Veja as fotos do espetáculo.

Texto e fotos: Valdete Sousa

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Vilhena recebe Grupo de Teatro do Sergipe pelo Palco Giratório


O projeto Palco Giratório é realizado pelo SESC desde 1998, grupos de várias partes do país são selecionados todos os anos para circular seus espetáculos. este ano desesseis companhias de diferentes estados estão percorrendo o país, em Rondônia, o projeto iniciou dia 01 de setembro e vai até dia 02 de outubro.
O Grupo Imbuaça de Sergipe estará em Vilhena dia 11 de setembro(Domingo), às 17h, na Praça do Shopping. O espetáculo O mundo Tá virado é fruto da união de três histórias curtas que refletem com humor a condição ingênua do ser humano e seu antônimo: a esperteza. Elementos convencionais da ação teatral aliam-se a novos procedimentos estéticos. O grupo construiu a poética do espetáculo com rimas, imagens, música e dança.
A revista Bravo de Setembro/2001 trouxe uma reportagem sobre este projeto do SESC, a jornalista Patrícia Jota faz diversos elogios ao Grupo Imbuaça e ao espetáculo que passará pelo município. Vilhena está no circuito de artes do país, finalmente, o público local poderá assistir aos espetáculos que circulam por outros estados.
Conheça mais sobre o Grupo Imbuaça na pagina do grupo acesse http://www.imbuaca.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=48&Itemid=58

Evento
Projeto Palco Giratório - Grupo Imbuaça - Espetáculo O mundo Tá virado

Data
11/09/2011

Local
Praça do Shopping, Vilhena-RO

Hora
17h




Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...