Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






sábado, 25 de agosto de 2012

Mostra teatral de rua reúne artes urbanas na Angelo Spadari no próximo domingo

Fãs de manifestações artísticas urbanas poderão acompanhar as diversas apresentações teatrais, esportivas e visuais da I Mostra de Performances Urbanas de Vilhena, organizado pelo Grupo de Teatro Wankabuki. A ser realizada na praça Angelo Spadari, no próximo domingo 26, a série de exibições inicia às 20h e reúne o melhor do teatro de rua do sul de Rondônia, bem como demonstrações ao vivo de grafite. 

O caráter intervencionista do evento é tão provocativo quanto os temas abordados em seu desenrolar: crítica social, política, ambiental e comportamental. Um prato cheio para interessados em arte e cultura genuinamente vilhenense.

A Mostra acontece no mês em que o Grupo de Teatro Wankabuki comemora nove anos de existência na cidade. Entre oficinas e apresentações, esta é o oitavo evento organizado pelos atores em 2012. Em 2011 realizaram o projeto "Invadindo a Praça" e incorporaram seu espírito: realizar apresentações teatrais em praças e espaços públicos com o intuito de conseguir maior interação com o público.Assíduo participante do Festival de Teatro Amazônia Encena na Rua, de Porto Velho, o grupo desenvolve trabalho ímpar nas artes cênicas no sul do Estado.

Arte e reflexão social se misturam na mostra do Wankabuki

Estão previstas 14 apresentações fixas ou circulantes. Os espaços da praça a serem ocupados pelos atores do Wankabuki são variados. No roteiro geral, divulgado na página virtual do grupo, performances com críticas ao jornalismo, à agricultura, meio ambiente, política, guerra, liberdade de expressão e valores morais estarão expostas nas encenações. Ao todo, 13 atores participam da mostra.

Confira a programação completa clicando na imagem acima

Inédito em Vilhena, o formato de apresentação teatral está sendo ensaiado há um mês e aglutina o resultado de estudos realizados pelo Wankabuki nos últimos dois anos. Segundo a organização, a mostra é uma maneira de ilustrar a visão que o artista tem das coisas que o cercam. A intervenção, que tem como características principais a surpresa e a ausência de palco, está ganhando espaço nas maneiras de expressão do grupo teatral. 

Em abril, durante a realização de uma oficina de teatro, alunos e atores do grupo realizaram intervenções na feira municipal do centro e no Park Shopping Vilhena. Neste mês, o modo de se apresentar volta, só que com muito mais força, em um evento grande e preparado meticulosamente. 

Intervenção do Wankabuki na feira municipal do Centro, em abril

OFICINA - A próxima atividade do grupo está programada para setembro e deverá se traduzir na maior série de oficinas de teatro já ministrada pelo Wankabuki. Três temas diferentes serão abordados em três oficinas consecutivas entre os dias 29 de setembro e 03 de novembro. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo blog oficial do grupo. Nas oficinas serão repassados conhecimentos de composição de cena, mímica, palhaçaria e exercícios teatrais diversos direcionados para a improvisação e diálogo com o público da rua. 

Mais informações na página do Wankabuki no Facebook, no blog www.grupodeteatrowankabuki.blogspot.com ou pelo celular (69) 8446-6408.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente as nossas postagens, participe do blog!

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...