Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






quinta-feira, 14 de maio de 2015

WANKABUKI LANÇA REGULAMENTO PARA FESTIVAL AMAZÔNICO DE MONÓLOGOS E BREVES CENAS


Wankabuki no projeto aprovado em edital do BASA/2011


Em parceria com o BASA Wankabuki realiza Festival em Vilhena.


A Associação de Teatro e Educação Wankabuki, através do Edital de Seleção de Projetos do Banco da Amazônia – BASA, objetivando o desenvolvimento cultural, a democratização do acesso à arte e a intensificação das ações de produção, formação de plateia e dos artistas, tornam público a abertura das inscrições para o FESTIVAL AMAZÔNICO DE MONÓLOGOS E BREVES CENAS – EDIÇÃO 2015, nos termos do presente Regulamento.


As Inscrições iniciam-se no dia 12 de maio e encerram no dia 20 de junho/2015. Podem participar Grupos, companhia e artistas individuais da amazônia legal dos estados de Rondônia e Mato Grosso. Os interessados deverão ler o Regulamento acima e preencher o Formulário de Inscrição e seus anexos.

Um comentário:

  1. http://rondoniaempauta.com.br/nl/educacao/cultura/wankabuki-lanca-regulamento-para-festival-amazonico-de-monologos-e-breves-cenas/

    ResponderExcluir

Comente as nossas postagens, participe do blog!

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...