Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






quarta-feira, 29 de julho de 2015

Programação Festival Amazônico de Monólogos e Cenas Breves


A programação completa do Festival é gratuita, além das apresentação que acontecem à noite, ocorre ainda Oficinas e o Seminário da Cena Amazônica - SECA:

Oficina Dramaturgia do Ator
Prof. Ms. Luiz Lerro (Departamento de Artes da Universidade Federal de Rondônia - Campus de Porto Velho.
Dias 06, 07 e 08 de agosto
Local: Universidade Federal de Rondônia -  Campus de Vilhena.
Horário: das 08h ás 12h 

Oficina Confecção e Manipulação de Formas Animadas 
Prof. Lucimar Rodrigues (Grupo de Teatro Wankabuki)
Dias 06, 07 e 08 de agosto
Local: Universidade Federal de Rondônia -  Campus de Vilhena.
Horário: das 08h ás 12h 


Seminário da Cena Amazônica - SECA
Dia 06 de agosto
das 14h30min às 17h30min
Mesa Redonda com o tema "O Teatro na Educação Básica"
Mediadores: Professores do Departamento de Artes da Universidade Federal de Rondônia

Dia 07 de agosto
das 14h30min às 17h30min
Discussão sobre a formação da cena amazônica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente as nossas postagens, participe do blog!

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...