Páginas

Seja Bem Vindo!

"A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência. (Aristóteles)






terça-feira, 2 de agosto de 2016

Resultado da seleção para a oficina O Performer, Ritualizador do instante-presente

O Grupo de Teatro Wankabuki, através de Seleção e patrocínio do Programa Caixa de apoio a Festivais de teatro e dança 2016, torna público o resultado da seleção para as  Oficinas do 2º Festival Amazônico de Monólogos e  Breves Cenas oferecidas entre os dias 04 e 06 de Agosto das 08 às 12h, na Universidade Federal de Rondônia - Campus de Vilhena.


Inscrições selecionadas para Oficina O Performer,  Ritualizador do instante-presente

Dias 04, 05 e 06 de agosto, das 08 às 12h - Na UNIR Campus Vilhena.

Carol Santa Ana
Denis Carvalho da Silva
Douglas Adriano M. Rodrigues
Eline da Silva Bispo
Gilmar dos Santos Soares
Gisele da Silva Santos Stering
Heron Cristiano Mairink Volpi
João Paulo Balansin Zenewich
Madirson Francisco Souza
Mateus Vieira
Miryan Therezinha de Oliveira
Rafael Barros
Reinaldo Da Conceição Wilson
Taís Christina Coimbra Santi
Valdete Sousa Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente as nossas postagens, participe do blog!

Obrigado por visitar a página!

O grupo de Teatro Wankabuki surgiu na Universidade Federal de Rondônia, em agosto de 2003, começaram as reuniões aos sábados no auditório da Unir.O primeiro espetáculo montado pelo grupo foi Morte e Vida Severina uma adaptação do texto de João Cabral de Melo e Neto, feita por Luiz Antônio de Araújo.Em seguida, o grupo montou A Lenda da Ecologia texto do Prof. Oswaldo Gomes que estreou em 20 de julho de 2005. A peça participou do Festival de Teatro Coração de Rondônia, no município de Ji-paraná em agosto desse ano.Em 2006 são montados mais dois espetáculos: Vai, Carlos! Ser Gauche na vida que estréia em 07 de abril e Tragédia no lar apresentado pela primeira vez na escola Wilson Camargo para os alunos do período noturno. Os dois espetáculos são adaptações das poesias, respectivamente, de Carlos Drummond de Andrade e Castro Alves. Em 2009, estreia Perdidos na Floresta texto de Antero de Sales e o grupo inicia os trabalhos para se institucionalizar, em janeiro de 2010, o grupo de Teatro Wankabuki consegue seu registro, com a Razão social de ATEW - Associação de Teatro e Educação Wankabuki.







Quem sou eu

Minha foto
Lacunas que a vida não completa, são como obras esperando ser escritas, preenchidas...